Cãominhada reúne amigos dos animais em busca de conscientização

A Rua Nhonhô Livramento foi palco de um encontro, na manhã de domingo (24), de defensores dos animais de Monte Alto, além de representantes de grupos de cidades como Vista Alegre do Alto e Taquaritinga.

Os participantes deram início à passeata em frente à agência do Bradesco, descendo pela rua principal do município até a Praça Central. Com o apoio de empresas parceiras, os voluntários da Associação Protetora dos Animais de Monte Alto – APAMA, organizadores da ação, falaram de sua preocupação com o bem-estar animal. O grupo está ativo há seis anos, realizando orientação à população sobre a posse responsável, prevenção de zoonoses e os benefícios da castração.

O Castramóvel, ônibus equipado a associação, esteve estacionado à disposição para visitas. O veículo permitiu que fossem realizados, desde 2017, mais de 1400 castrações entre cães e gatos, abandonados ou de proprietários com baixa renda. Somados com os procedimentos em clínicas veterinárias parceiras, são mais de 3600 castrações até hoje, buscando o controle populacional dos animais e evitando a transmissão de doenças.

Outros pontos abordados nas manifestações dos participantes, no microfone, foram os altos índices de atropelamentos de animais silvestres, nas rodovias que ligam Monte Alto a outros municípios, e a Lei nº 3.470, de 7 de dezembro de 2018, que proíbe a queima de fogos de artifício com efeitos sonoros em Monte Alto, de autoria do vereador Murilo Jácomo.

O evento contou com a presença do vereador Carlos Gerber e do ex-vereador Carlos Alberto de Alencar, engajados na causa animal.

A presidente da APAMA, Ana Paula Borges Zilli, agradeceu aos parceiros Sabesp, Seth Assessoria, AGCIP, Paraíso Animal, Animal Shopping, São Francisco Estética Animal, AGROPEMA, Líder Som, Prefeitura de Monte Alto e o radialista Manoel Alípio, além dos voluntários que tornaram a primeira edição da Cãominhada realidade.