Monte Alto é aprovado como Município de Interesse Turístico

Verbas e prioridade em programas e convênios são algumas das vantagens da nova categoria da cidade.

A “Cidade do Sonho” acordou diferente na quarta-feira, dia 10 de maio de 2017. O motivo é que, na noite anterior a cidade se tornou Município de Interesse Turístico pela aprovação do Projeto de Lei nº 258/2017, na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. O projeto foi indicação do Deputado Luiz Carlos Gondim, mas foi aprovado por unanimidade pelos 94 parlamentares estaduais.

“As vantagens desse ato para o futuro da nossa comunidade são muitas”, afirma o prefeito João Paulo Rodrigues, que acompanhou a votação ao vivo, pelo site da Assembleia. “Temos a expectativa de receber verbas para a aplicação na cidade e de ter prioridade em programas e convênios dos Governos”, acrescenta.
Das 140 cidades que se candidataram a receber o título, apenas 14 conseguiram: Brodowski, Monte Alto, Rifaina, Rubineia, Sabino, Pedreira, Jundiaí, Espírito Santo do Pinhal, Tatuí, Piedade, Tapiraí, Santa Isabel, Martinópolis e Buritama.

Para ser de interesse turístico a cidade deve seguir alguns critérios como oferecer infraestrutura básica para atender o visitante. “Isso inclui sistema de transporte, serviço médico de emergência, meios de hospedagem e restaurantes”, explica o Diretor de Turismo de Monte Alto, Rogério Menani. “É exigido ainda um Conselho Municipal de Turismo firmado, além de ter potencial para atrair visitantes”.

Assim como o prefeito João Paulo, muita gente esteve acompanhando a votação ao vivo na internet, no site da Assembleia Legislativa. Inclusive a equipe do Conselho Municipal de Turismo – COMTUR, que estava reunida numa das salas do Paço Municipal.

“Realmente essa é uma vitória para Monte Alto, que pode alavancar a atividade econômica da cidade, gerando empregos e trazendo movimento para o nosso comércio”, considerou Florindo Fonseca, presidente do COMTUR de Monte Alto.

Tanto o prefeito quanto outros atores do processo do Município de Interesse Turístico lembraram o papel da ex-prefeita Silvia Meira nessa caminhada. “Temos que lembrar também dos ex-secretários de Turismo Júlio Zacarin Neto, Fátima Raposo do Amaral Neto e o vereador Thiago Cetroni, entre outros que coordenaram esforços para essa conquista”, lembra Rogério Menani. “Tem muito mais gente que, ao longo das outras administrações, trabalham para o turismo da cidade. Nesse momento é hora de render homenagens a todos pelo trabalho e esforço”, disse.

O próximo passo nesse caminho agora é a sanção pelo Governado Geraldo Alckmin, que tem o prazo de 15 dias para assinar e promulgar a Lei 258/2017.

Membros do COMTUR acompanharam a transmissão da sessão na Prefeitura de Monte Alto, na noite de terça-feira.
Membros do COMTUR acompanharam a transmissão da sessão na Prefeitura de Monte Alto, na noite de terça-feira.

Compartilhe