Monte Alto recebe novamente o prêmio de Município VerdeAzul

No dia 20 de dezembro, representantes de Monte Alto estiveram no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, em cerimônia para entrega do prêmio do Programa Município VerdeAzul 2018.

Do Executivo, o prefeito João Paulo Rodrigues, o interlocutor do PMVA Tadeu Veronezi Nunes e o suplente Raphael Surano Bertolli foram acompanhados pela engenheira agrônoma Eloísa Seixas, parceira nas atividades ambientais em Monte Alto. Do Legislativo, os vereadores João Augusto Picolo e Thiago Cetroni também participaram da entrega do prêmio.

Autoridades receberam os representantes dos municípios certificados no palco do auditório: governador Márcio França; o secretário de Meio Ambiente do Estado de SP, Eduardo Trani; o coordenador do PMVA, José Walter Figueiredo; os deputados estaduais Itamar Borges e Luiz Carlos Gondim; o prefeito de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira, representando todos os municípios paulistas, entre outros colaboradores de órgãos vinculados ao Meio Ambiente.

Em 2018, Monte Alto obteve o 21º lugar, com nota 87,81. Isso fez com que o município subisse no ranking, pois a nota do ano anterior, 85,47, garantiu a 23ª posição após quatro anos sem a certificação.

Ao todo, 69 municípios foram certificados, atingindo a nota mínima de 80 dos 100 pontos possíveis. O município de São José do Rio Preto é, nesta edição do programa, o primeiro colocado no ranking ambiental, com 94,65 pontos.

O VerdeAzul é uma iniciativa da Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo. Iniciado em 2007, o programa premia os municípios paulistas com melhor desempenho, levando em conta diversos quesitos ambientais, divididos em 10 diretrizes. O objetivo é medir e apoiar a eficiência da gestão ambiental, descentralizando e valorizando a agenda ambiental.

As notas

Confira a seguir as notas obtidas por Monte Alto em 2018, divididas em todas as diretrizes analisadas pelo programa:

  • Arborização Urbana: 5,91 (5,89 em 2017)
  • Biodiversidade: 9,23 (6,81 em 2017)
  • Conselho Ambiental: 8,65 (10,00 em 2017)
  • Esgoto Tratado: 10,00 (10,00 em 2017)
  • Estrutura e Educação Ambiental: 8,75 (6,75 em 2017)
  • Gestão das Águas: 9,12 (8,94 em 2017)
  • Município Sustentável: 9,25 (8,80 em 2017)
  • Qualidade do Ar: 9,00 (10,00 em 2017)
  • Resíduos Sólidos: 10,00 (9,82 em 2017)
  • Uso do Solo: 7,92 (8,46 em 2017)

Compartilhe