UBS Silvio Govoni não fechará: Saúde desmente boatos na internet

A rede social Facebook foi tomada, nas últimas horas, por postagens alarmando a população sobre o possível encerramento das atividades na UBS Silvio Govoni, no Centro. Muitas destas postagens foram criadas e compartilhadas por profissionais da saúde, desencadeando uma série de comentários.

O assunto foi tratado na imprensa no início da semana, quando a secretária municipal de Saúde, Sueli Melo, explicou sobre o início de atendimento a exames com especialistas no Ambulatório Médico de Especialidades (AME) de Taquaritinga (SP). Porém, a unidade de saúde em Monte Alto não fechará suas portas. “Trata-se de uma fake news, propagada inclusive por pessoas que sabem a verdade, e lamentamos muito isso”, disse nesta manhã a secretária.

O histórico antes da decisão

A Prefeitura de Monte Alto recebeu, do Ministério Público, um novo Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta (TAC), onde deveria se comprometer a demitir, até o dia 30 de dezembro deste ano, os médicos e profissionais da saúde que não são concursados.

A Secretaria Municipal de Saúde convocou reunião com os médicos da rede, onde apenas dois compareceram.

Enquanto isso, em 2018, o prefeito João Paulo Rodrigues e a secretária de Saúde, Sueli Melo, já haviam protocolado na Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo um pedido para recebimento de um AME. O pedido foi encaminhado ao Departamento Regional de Saúde – DRS de Ribeirão Preto, que se manifestou contrário à instalação da unidade em Monte Alto.

Em agosto deste ano, um novo pedido foi feito pela Prefeitura de Monte Alto, desta vez apresentando dados mais completos que comprovassem a necessidade de um Ambulatório Médico de Especialidades na cidade. O ponto principal que o Poder Executivo usou para convencer os profissionais é que a DRS de Ribeirão Preto ainda não conta com um AME, ainda que de Barretos tenha 2, Franca 2 e Araraquara 3 – Taquaritinga inserido nesta última região.

Desta vez, o pedido foi negado, justificando-se a construção de duas unidades em Ribeirão Preto. Porém, a secretaria estadual, entendendo a necessidade de atendimento, abriu as portas da AME de Taquaritinga ao nosso município.

A Prefeitura aceitou a proposta devido aos diversos pontos favoráveis desta mudança. O principal, segundo o prefeito João Paulo, é a agilidade no agendamento de exames e consultas, além da qualidade da estrutura física e do atendimento dos profissionais. A Prefeitura fornecerá o transporte sem custo algum às pessoas beneficiadas.

Tratamentos em andamento não mudam

Os pacientes com consultas marcadas ou tratamentos em andamento continuarão sendo atendidos na UBS Silvio Govoni, sem qualquer alteração. Somente as novas consultas e exames de algumas especialidades serão encaminhados ao AME de Taquaritinga. “Parte do atendimento ainda será mantido e não foi cogitado em momento algum o fechando do prédio”, enfatiza Sueli.

Esta mudança vai diminuir as filas de espera e proporcionar mais conforto aos pacientes. “É indiscutível a qualidade do atendimento nos AMEs e justamente por isso todo município deseja ter o seu. Enquanto avançamos nos pedidos para a saúde de nossa cidade, é muito bem-vindo este convite dado pelo governo estadual”, finaliza o prefeito João Paulo.