Campanha de vacinação contra a gripe é prorrogada até o dia 30 de junho

O Ministério da Saúde adiou, até o dia 30 deste mês, a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe, que seria encerrada na sexta-feira, dia 5 de junho.

O público atendido compreende os idosos (acima dos 60 anos), os profissionais de saúde e de segurança, as pessoas com doenças crônicas, os adolescentes de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, caminhoneiros e profissionais do transporte coletivo, crianças de 6 meses até 6 anos de idade, gestantes, mães que deram à luz recentemente (até 45 dias após o parto), pessoas com deficiência, adultos de 55 a 59 anos de idade, professores das escolas públicas e privadas, funcionários do sistema prisional, população privada e liberdade e população indígena.

Onde ir

Para se imunizar é importante levar a caderneta de vacinação em uma das unidades de saúde do município (exceto a UBS Silvio Govoni, no Centro), de segunda a sexta-feira, das 8 às 15 horas.

A vacina protege contra os três tipos de vírus Influenza mais comuns no Brasil, incluindo o H1N1, mas é importante ressaltar que não protege contra a Covid-19. Portanto, é importante que a população atendida continue com medidas de higiene e o uso adequado da máscara de proteção.

Situação da campanha

A cobertura de vacinação na campanha até a presente data é baixa em alguns grupos atendidos. Em crianças, por exemplo, aproximadamente 50% foram vacinadas, além de 43% de gestantes e 28% de adultos entre 55 e 59 anos.