Monte Alto receberá recursos para projeto de acessibilidade

Governo do Estado de São Paulo recebeu, na quinta-feira (29), prefeitos de 24 municípios para a assinatura de convênios para financiamento de obras.

Os recursos são oriundos do FID – Fundo Estadual de Defesa dos Interesses Difusos, gerido pela Secretaria da Justiça e Cidadania.

Os termos foram firmados em encontro no Palácio dos Bandeirantes, com a presença do vice-governador Rodrigo Garcia; do secretário da Justiça e Cidadania, Paulo Dimas Mascaretti; e do secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi; e da ex-prefeita de Monte Alto e atual assessora do vice-governador, Silvia Meira.

Além de Monte Alto, receberão os recursos os municípios de Altinópolis, Aramina, Birigui, Braúna, Bragança Paulista, Gavião Peixoto, Guará, Ibirá, Ipaussú, Itapetininga, Monte Azul Paulista, Monteiro Lobato, Nova Independência, Palmital, Pradópolis, Sagres, Sales Oliveira, Santa Gertrudes, São José do Rio Preto, Serrana, Valentim Gentil, Viradouro e Vitória Brasil.

O FID tem como objetivo financiar projetos destinados ao ressarcimento à coletividade dos danos causados ao meio ambiente, ao consumidor, a bens e direitos de valor artístico, estético, histórico, turístico e paisagístico. Para que houvesse o benefício, Prefeitura de Monte Alto precisou apresentar projeto, que estava enquadrado às exigências e pudesse ser selecionado.

O projeto trata da elaboração de projeto de acessibilidade e que promovem a inclusão da população com deficiência, alguma limitação de mobilidade ou percepção, hoje cerca de 4% do município. Este projeto prevê a instalação de 405 rampas de acessibilidade em áreas comerciais e pontos turísticos.

Ao todo, os convênios totalizam R$ 26,6 milhões em todo o estado, sendo aproximadamente R$ 22,8 milhões disponibilizados pelo FID e R$ 3,8 milhões como contrapartidas das prefeituras. Em Monte Alto, o projeto prevê R$ 429 mil, sendo disponibilizados R$ 273 mil pelo FID e a contrapartida da Prefeitura, de R$ 156 mil.

Localizações das novas rampas de acessibilidade:

  • Rua Nhonhô Livramento – 129 rampas;

Entre a Rua Antônio da Silva até a Rua 7 de Setembro.

  • Rua Dr. Raul da Rocha Medeiros – 124 rampas;

Entre a Avenida Comendador Bonfiglioli até a Rua 7 de Setembro.

  • Rua Jeremias de Paula Eduardo – 126 rampas;

Entre a Rua Antônio da Silva até a Rua 7 de Setembro.

  • Mausoléu da “Menina Izildinha” – 16 rampas;

Entre a Rua Porfírio Pimentel com a esquina da Rua Ananias de Carvalho.

Entre a Rua Ananias de Carvalho com a Avenida Castro Ribeiro.

  • Centro Cívico e Cultural Dr. Elias Badhur – 10 rampas;

Entre a Rua Gustavo de Godoy e a Rua 15 de Maio.